Anuncie connosco
Pub
Notícias | Social

Os motoristas da empresa Cisterpor S. A. iniciaram no dia 25 de fevereiro uma greve de 3 dias

Greve de motoristas

6 de março de 2019
Partilhar

Os motoristas da empresa Cisterpor S. A. iniciaram no dia 25 de fevereiro uma greve de 3 dias.

O Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas decidiu em conjunto com os trabalhadores avançar com a greve.

Lutam pela “reposição de direitos adquiridos que foram retirados com a implementação do novo contrato coletivo de trabalho”. Segundo fonte próxima do sindicato, e a título de exemplo, “no caso dos transportes efetuados para o estrangeiro, estes trabalhadores recebiam o valor de 34,18 euros dia para custear as despesas inerentes à viagem. Atualmente recebem 25 euros. Isto porquê? Com a introdução do novo contrato coletivo de trabalho, onde à diferenciação entre os transportes nacional e internacional, foi adicionada uma nova modalidade denominada "transporte ibérico" (que como é óbvio, sendo além fronteiras, é um transporte internacional), atribuindo a esta um valor inferior ao transporte internacional, que se traduz em cerca de 30% menos”. Para o sindicato, este CCTV (contrato coletivo de trabalho) que atinge algumas dezenas de milhares de trabalhadores, «é um impropério aos direitos dos trabalhadores, chegando até a ser contraditório em alguns dos seus conteúdos. O Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter