Anuncie connosco
Pub
Notícias | Atualidade

Nippon Paint Holdings

Robbialac passa para mãos japonesas

3 de dezembro de 2021
Partilhar

A Nippon Paint Holdings firmou a compra do grupo francês Cromology, que detém nove fábricas de tintas, entre as quais a portuguesa Robbialac.

Era uma vez um escultor e ceramista de Florença do século XV, Luca della Robbia, que criou um esmalte durável que dava às cores uma enorme vivacidade.

Quatro séculos depois, o fabricante inglês de tintas Jenson & Nicholson recebe de Itália uma encomenda para a produção de um novo esmalte e, lembrando-se do artista renascentista, batiza a sua criação com o nome de "Della Robbia White", que passou a ser internacionalmente comercializada como Robbialac.

Saltando mais um século na linha do tempo, em 1928 a Jenson & Nicholson decide entrar em Portugal com produtos da marca Robbialac, tendo em 1931 fundado a Sociedade Robbialac, a qual deu origem à empresa atual Tintas Robbialac, S.A., que tem fábrica em Loures e aproximadamente seis dezenas de lojas próprias espalhadas pelo país, fatura cerca de 50 milhões de euros e emprega quatro centenas de pessoas.

Estava em Portugal há mais de 90 anos, mas agora a Robbialac vai passar para mãos japonesas.

O grupo francês Cromology, que tinha adquirido a operação portuguesa em 2004, aceitou a oferta de compra de 1,15 mil milhões de euros da nipónica Nippon Paint Holdings.

A Cromology, que se apresenta como a quarta maior fabricantes de tintas decorativas da Europa, fechou 2020 com vendas de 628 milhões de euros. Opera nove unidades industriais e soma 386 lojas próprias, tendo presença direta, para além de Portugal e França, em Espanha, Suíça, Bélgica, Itália, Luxemburgo e Marrocos, e emprega cerca de 3.300 pessoas.

A transação deverá ser executada "durante o primeiro semestre de 2022".

O grupo Nippon Paint Holdings fatura o equivalente a cerca de seis mil milhões de euros e conta com um efetivo superior a 30 mil pessoas.

Última edição

Opinião