Anuncie connosco
Pub
Notícias | Atualidade

Bairro de são Francisco - Camarate

Livre de contentores

3 de outubro de 2020
Partilhar

Em Camarate, e em particular no Bairro de São Francisco, há razões para comemorar, após as múltiplas queixas efetuadas ao longo dos anos pela existência de um Parque de Contentores, que trazia forte perturbação à zona: tânsito de pesados, levantamento de pó pelas manobras de carros e contentores, e ainda uma vista menos agradável à zona do parque.

Já em 2017, o Notícias de Loures alertou para este problema, após ter sido contactado pela população, fazendo notícia, e dando destaque a esta situação que prejudicava a população local. «A população do Bairro de São Francisco, em Camarate, está revoltada com duas empresas vizinhas: a Alves Ribeiro e a Repnunmar. Tudo porque a poeira e a sujidade que as suas atividades alegadamente provocam prejudicam o dia-a-dia e a saúde dos moradores, impedindo, inclusive, muitos deles de abrirem as janelas de casa. A Junta de Freguesia de Camarate e a Câmara Municipal de Loures estão ao corrente da situação, mas a resolução tarda em chegar. O caso já chegou ao Ministério do Ambiente e até ao Ministério Público», lia-se no artigo de março 2017.

A Câmara Municipal de Loures, segundo fonte próxima do executivo, moveu um processo para pôr termo à existência deste Parque de contentores, ainda em 2017, que a autarquia considerava ilegal. Após providência cautelar movida pelos proprietários do parque de contentores, veio agora a sentença do Supremo Tribunal Administrativo, que obriga o parque a sair daquela localização.

A autarquia terá dado terrenos alternativos ao proprietário do parque dos contentores que, segundo a mesma fonte, «nunca os quis considerar em todo o processo».

Desta forma, a autarquia enviou a Polícia Municipal para o local, impedindo a entrada de mais contentores, e o proprietário terá de retirar todos os que se encontram no local e realocá-los em local próprio.

Esta decisão judicial não é passível de recurso.

Última edição

Opinião