Anuncie connosco
Pub
Notícias | Social

Vontade e a necessidade de aprender para crescer e encontrar o bem-estar

2019, Ano para aprender em sociedade!

6 de janeiro de 2019
Partilhar

Começou agora um novo ano: para uns, cheio de esperança em novos projetos, para outros, de continuidade dos já iniciados e, para outros ainda, cheio de incertezas e medos do que a vida espera de si no caminho rumo à felicidade. No entanto, todos temos algo em comum: a vontade e a necessidade de aprender para crescer e encontrar o bem-estar.

É bastante comum acharmos que a aprendizagem é um tema que está direcionado para crianças e jovens mas, na verdade, a aprendizagem é um elemento fundamental ao longo de toda a vida e em vários contextos: fora ou dentro de uma sala de aula, aprendemos; sozinhos, com amigos, com professores, no local de trabalho, ou com a nossa família, aprendemos. Nós, Humanos, temos uma capacidade incrível de aprender e de construir pontes para a felicidade, temos é de descobrir o caminho que mais nos faz sentido para lá chegar.

Dito assim, até parece que (irresponsavelmente) coloco o ónus de ser feliz unicamente no desempenho da pessoa e na sua procura individual pelo bem-estar e sucesso. Compreendo, e bem, que muitas vezes existem outras barreiras que nos impedem de atingir essas metas. Uma delas, e bastante frequente, é a falta de recursos, sobretudo os financeiros.

Por isto mesmo, todos: cidadãos individuais, organizações sociais, associações, empresas e entidades autárquicas/estatais, devem refletir sobre como podem transferir socialmente recursos em prol de quem deles pode beneficiar para a justiça que é ter a oportunidade de escolher o caminho para ser feliz e sentir-se concretizado. A pensar nisto, gostaria de vos apresentar um exemplo nesta área, onde tenho o privilégio de participar, e que é mesmo aqui de Loures: a Associação Duarte Tarré (ADT). https://www.adtarre.pt/

A ADT foi criada pelo CEO da empresa Gelpeixe, sediada em Loures, Manuel Tarré e pela sua família. Esta iniciativa homenageia o seu filho Duarte que partiu precocemente e tem como objetivo apoiar anualmente cerca de vinte e cinco estudantes carenciados que frequentam, ou desejem frequentar o ensino superior.

Mais do que apoio financeiro, a ADT faz questão de acompanhar cada estudante com o mesmo cuidado com que uma família acompanha um ente querido: com atenção personalizada e estando de coração e braços abertos para as múltiplas dificuldades que podem surgir na vida de um estudante universitário. Apresentando-se, assim, como uma comunidade verdadeiramente voltada para o crescimento humano e profissional. No entanto, conscientes de podermos sempre fazer mais, criamos um projeto de intervenção social que quer/vai/e pode beneficiar Loures e todo Portugal. O projeto, a que chamamos “Desenha o futuro”, é um convite para que os jovens do ensino secundário, bem como as suas famílias, pensem e desenhem o futuro questionando: afinal o que é o ensino superior? Para que serve ter um curso superior? Como posso fazer frente às inúmeras despesas?

Este projeto é um conjunto de ações direcionadas a escolas e estudantes que podem solicitar a nossa visita, onde apresentaremos o ensino superior (o que é, para que serve, como funciona), bem como a maioria dos apoios sociais que estes candidatos/futuros estudantes podem solicitar, apresentando também a ADT como uma possível resposta.

Em 2019 pretendemos partilhar com todas as escolas do secundário interessadas esta missão: desconstruir a ideia de que o ensino superior é apenas para alguns; de que não tendo a família recursos suficientes, não pode o jovem “desenhar” um futuro mais ambicioso.

Este ano, contaremos com escolas de norte a sul, de este a oeste e estamos disponíveis a colaborar com mais entidades interessadas neste propósito. Queremos que os jovens, futuro da sociedade, tenham mais uma oportunidade para descobrir o diamante em bruto que é a vida.

E este projeto, do qual vos falo com orgulho, é apenas um exemplo do quão diferente pode ser a vida dos outros quando transferimos para a sociedade os recursos de que dispomos para que todos possam ver o horizonte.

Por isso, mais que apresentar este projeto, gostaria de o convidar, a si que me lê, a que pense em como pode aprender e ajudar a aprender.

Certamente 2019 pode ser um ano melhor se tivermos em vista a criação de pontes que anulem os muros das injustiças sociais.

A todos um excelente Ano 2019!

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter