Anuncie connosco
Pub
Notícias | Política

Reunião de Câmara do passado dia 12 de novembro

Orçamento municipal para 2019 aprovado

3 de dezembro de 2018
Partilhar

O orçamento municipal de Loures para 2019 foi aprovado em reunião de Câmara do passado dia 12 de novembro, com os votos contra do PSD e a abstenção do PS. São mais de 132 milhões de euros, que incluem 23 milhões em fundos comunitários e representam um acréscimo de 17 milhões face a 2018.

Bernardino Soares justificou este aumento com a inclusão de verbas provenientes de fundos comunitários, nomeadamente para a concretização das obras na cidade de Sacavém, que permitem minimizar os efeitos das cheias.

Entre as novidades nas medidas previstas para este orçamento está o alargamento da isenção do pagamento de refeições escolares e um programa de adaptação ao meio aquático.

Ao abrigo do novo orçamento, as juntas de freguesia vão receber quase mais três milhões de euros por delegação de competências e cerca de 2,5 milhões de euros para investimento em obras locais. Entre as competências a delegar para 2019 destaca-se a responsabilidade pela recolha dos monos, que passará a ser das juntas de freguesia.

“Se não fosse pelo PS estar no Governo, não teria sido possível às autarquias locais, como Loures, aceder a este acréscimo de 23 milhões de euros em fundos comunitários”, disse na reunião de Câmara, Sónia Paixão, vereadora do PS.

“Congratulamo-nos também pelo aumento significativo das verbas atribuídas às juntas de freguesia”, acrescentou a vereadora. “Contudo, este não é, na globalidade, o orçamento do PS”, até porque “há duas grandes áreas que lamentavelmente não estão contempladas neste orçamento: a da segurança e a da habitação”.

O Partido socialista reclamou ainda, programas de apoio à habitação e um reforço da segurança nomeadamente da Polícia Municipal.

Na discussão dos documentos, os vereadores do PSD foram os mais críticos das opções tomadas, afirmando que este orçamento "não é amigo dos munícipes nem das empresas."

Apesar de algumas das propostas defendidas pelo PSD terem sido introduzidas no documento final, os sociais democratas votaram contra o orçamento, uma vez que pretendiam uma maior redução dos impostos municipais e a instalação da videovigilância.

O Orçamento do SIMAR foi aprovado no mesmo sentido. Com votos a favor da CDU, abstenção do PS e voto contra do PSD. O SIMAR tem um orçamento de 80 milhões de euros.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter