Anuncie connosco
Pub
Notícias | Política

renuncia a mandato e vai criar partido

André Ventura renuncia a mandato

5 de novembro de 2018
Partilhar

Após a entrevista ao Notícias de Loures na última edição, que fechou no dia 3 de outubro, em que André Ventura reafirmava o seu compromisso com Loures, dia 4 de outubro sai um comunicado da Secção Concelhia de Loures do PSD que se demarca do posicionamento do seu vereador na oposição a Rui Rio. Dia 5, André anuncia que vai renunciar ao cargo de vereador, sair de militante do PSD e formar um novo partido. O Notícias de Loures esse, saiu para a rua dia 6… e muito desatualizado, em 3 dias tudo mudou e de que maneira.

 

Posição do PSD Loures

 

Nelson Batista, em declarações ao Notícias de Loures, afirma que para o PSD Loures este é um assunto encerrado. O Presidente da Secção Concelhia de Loures do PSD afirma que «o comunicado era importante ser realizado para clarificar e separar de forma inequívoca a política nacional da política local». Para o PSD Loures as posições públicas de André Ventura contra Rui Rio não eram partilhadas pelo PSD local e vinculavam apenas o militante André Ventura, e não o PSD Loures. Quanto ao Vereador André Ventura, Nelson Batista afirma que tinha sido feito até à data um bom trabalho e que tudo o que sucedeu reflete apenas a vontade individual de André Ventura. Desta forma, João Calado, professor do ISEL, ascende à qualidade de vereador pelo PSD, juntando nas reuniões de Câmara na bancada do PSD, Ivone Gonçalves e Nuno Botelho.

 

André «furacão» Ventura

 

Chegou a Loures há cerca de ano e meio e já foi.

Chegou com um discurso polémico que capitalizou em votos para o PSD Loures elegendo mais um vereador que em 2013. Mas Ventura não estava satisfeito com o PSD Nacional e apresentou, no passado dia 26 de outubro, a sua renúncia ao mandato de vereador na CMLoures, com efeitos imediatos, deixou de ser militante do PSD e propõe-se a criar um partido novo, o «Chega».

Alega para renunciar ao mandato «discordâncias políticas» de âmbito nacional com o partido. Na carta enviada ao Presidente da Câmara Municipal de Loures, Bernardino Soares, limita-se a agradecer a toda a vereação pelo trabalho desenvolvido não invocando mais razões para a sua saída. No entanto, em declarações à agência Lusa, André Ventura explicou que a sua renúncia ao mandato de vereador «tem a ver com questões de política nacional e não municipal». «Fui eleito por um partido e estou no processo de lançamento de outro. Havendo discordâncias de fundo optei por renunciar ao mandato», justifica. Diz ainda à agência Lusa que apesar de ter a possibilidade de permanecer como vereador independente entendeu que tal «não fazia sentido».

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter