Anuncie connosco
Pub
Notícias | Atualidade

Para Lisboa e Odivelas

Loures quer rede ciclável

9 de setembro de 2019
Partilhar

O município de Loures apresentou uma candidatura conjunta com Lisboa e Odivelas para a criação de uma rede ciclável que une os três concelhos, num investimento total de 587 mil euros.

O plano é construir uma rede para eliminar as barreiras de mobilidade entre os três concelhos. E a sua concretização está dependente da aprovação da candidatura que Loures fez juntamente com Lisboa e Odivelas ao programa Portugal Ciclável 2030. A iniciativa é do Ministério do Ambiente e pretende incentivar a utilização da bicicleta através do apoio às infraestruturas vocacionadas para a circulação pedonal.

O investimento total é de 587 mil euros para criar três troços, mas caso a candidatura seja aprovada, todos os projetos terão uma comparticipação de 50 por cento. “O nosso objetivo é poder ligar as nossas ciclovias aos municípios vizinhos. Vemos com bons olhos que os limites municipais não sejam barreiras à mobilidade”, justificou à agência Lusa o vereador com o pelouro das obras municipais, Tiago Matias.

Segundo a autarquia, ainda não existe uma calendarização para a divulgação dos resultados da candidatura. Mas, se a proposta for aceite, as ciclovias terão de estar concluídas até 2021. A candidatura apresentada à tutela está estruturada em três troços principais e que são as seguintes:

No caso do troço Lisboa-Sacavém (766 metros) existe um custo estimado de 91 mil euros, representando um custo para o município de Loures de 46 mil euros.

O troço Lisboa-Moscavide (300 metros) tem um custo estimado de 24 mil euros e representa um investimento municipal de cerca de 12 mil euros. Relativamente ao troço Odivelas-Loures (três quilómetros) o custo previsto é de cerca de 472 mil euros, cabendo ao município um investimento de cerca de 236 mil euros.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter