Anuncie connosco
Pub
Notícias | Atualidade

Jornadas da Juventude

Bobadela otimista com a retirada de contentores

6 de março de 2019
Partilhar

Depois de ser anunciado que as Jornadas da Juventude, acompanhadas pela visita do Papa em 2020 serão na área ribeirinha de Loures, apresenta-se a probabilidade da retirada dos contentores na zona da Bobadela. Projeto que desde 2010 tem sido muito desejado pelos habitantes.

O presidente da União de Freguesias da Bobadela, São João da Talha e Santa Iria de Azóia, Nuno Leitão, refere que a notícia foi recebida com "grande satisfação", esperando que o evento possa atrair mais gente para a localidade.

Contudo, o autarca defende que as expectativas em torno da deslocalização daquela infraestrutura, que foi ali instalada em 2010 e que está sob gestão da Infraestruturas de Portugal (IP), devem ser "moderadas".

"Existe, claramente, todo o interesse em que essa deslocalização seja feita, mas eu sou muito pragmático e acho que não devemos ter, para já, uma expectativa muito alta", ressalva, referindo que já enviou um ofício para o ministro do Planeamento e das Infraestruturas para perceber qual é a viabilidade dessa solução. "Acreditamos que este evento poderá ter um efeito bola de neve e ajudar a dinamizar o comércio local da Bobadela. Da parte da junta de freguesia estamos totalmente disponíveis para prestar todo o apoio logístico", referiu. No mesmo sentido, alguns dos moradores da Bobadela ouvidos pela Lusa disseram esperar que o evento ajude a requalificar o que faltou em 1998 - ano da Expo '98 - e a acabar com a "barreira visual" para o Tejo formada pelos contentores. “[A requalificação da zona ribeirinha] é uma promessa que já ouvimos há muitos anos. Aqueles mamarrachos dos contentores são um bom exemplo de algo que já não devia estar ali. Aguardemos por um milagre", afirmou José Santos, residente na vila da Bobadela há mais de 40 anos.

Por outro lado, Odete Ramos, que mostra grande entusiasmo com a visita do papa, mas lançou um apelo à organização: "Espero que aproveitem para fazer uma enorme zona de lazer que possa vir no futuro a ser aproveitado por todos. As coisas não podem voltar ao mesmo depois de o evento terminar".

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter